O desembargador Dilermando Motta se juntou aos colegas de Pleno Amaury Moura, Judite Nunes, Cláudio Santos, João Rebouças, Saraiva Sobrinho, Virgílio Macedo e o presidente do TJRN, Expedito Ferreira. Eles tinham a incumbência de julgar o recurso do afastamento do deputado potiguar, impedido de cumprir suas funções desde 8 de junho.

As normas, segundo a assessor...