DEPUTADO JOSÉ ADÉCIO REQUER SESSÃO SOLENE EM HOMENAGEM AOS 100 ANOS DO ABC F.C

ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO RIO GRANDE DO NORTE
Praça Sete de Setembro, s/nº, Palácio “José Augusto” – Natal – RN.
GABINETE DO DEPUTADO JOSÉ ADÉCIO

REQUERIMENTO

Excelentíssimo Senhor Presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte.

JOSÉ ADÉCIO Deputado Estadual, eleito sob a legenda do DEM, no desempenho de seu mandato coloca a apreciação da Mesa, para que seja discutida e submetida ao esclarecimento do Plenário, a seguinte proposição: Requer à Presidência da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Norte, na forma Regimental, que seja agendado uma Sessão Solene, no dia 29 de junho do ano de 2015, às 15:00 horas, em homenagem ao centenário do ABC Futebol Clube.

JUSTIFICATIVA

O ABC Futebol Clube é um clube poliesportivo de Natal, ou simplesmente ABC, como é popularmente conhecido, foi primeiro clube de futebol do Estado do Rio Grande do Norte, e que se transformaria, com o passar dos anos, na maior e mais querida agremiação futebolística do Estado e recordista mundial em conquistas de títulos estaduais.
Natal ainda era uma cidade pacata e provinciana, com uma população estimada em 27 mil habitantes, quando no início do século XX, mais precisamente aos 29 dias do mês de junho do ano de 1915, surgia o ABC Futebol Clube. Fundado por um grupo de jovens natalenses, alguns praticantes de remo. O surgimento do Mais Querido aconteceu num dos cômodos do casarão do coronel Avelino Alves Freire – respeitado comerciante e presidente da Associação Comercial do RN –, situado na Av. Rio Branco, no bairro da Ribeira, com frente para os fundos do então Cineteatro Carlos Gomes.
A primeira providência da reunião foi a de escolher um nome para a agremiação que nascia. Por sugestão de José Potiguar Pinheiro, o primeiro clube do RN adotou o nome de ABC Futebol Clube. O conjunto de letras ABC prestou uma justa homenagem ao pacto de amizade fraternal, amparado diplomaticamente pelos países Argentina, Brasil e Chile, assinado em 1903. A escolha do nome veio revelar a preocupação social dos jovens rapazes, apesar da maioria pertencer à alta sociedade natalense.
Segundo registro do livro “Os Esportes em Natal”, de 1991, do pesquisador natalense Procópio Netto, o primeiro jogo do ABC Futebol Clube aconteceu em 20 de setembro de 1915, contra o Natal Esporte Clube. Placar 13 a 1 para o Mais Querido, que assim, já nascia grande.
O ABC é o recordista brasileiro de títulos consecutivos. O Mais Querido conquistou entre 1932 e 1941, o deca campeonato estadual. Tal façanha está registrada inclusive no Guinness Book off Records. Como curiosidade vale registrar que nos 10 títulos consecutivos o ABC contou com seis goleiros entre reservas e titulares, revezando-se nas 10 temporadas.
O ABC se destacou como o clube Brasileiro com maior tempo de permanência fora do País (mais de 100 dias), jogando em gramados da Ásia, África e Europa.
Ser deca campeão não é o único motivo de orgulho dos ABCdistas na vasta e gloriosa história do time. Em 1973, a equipe bateu outro recorde, até hoje inigualável e digno de presença no Guinness Book. Durante 108 dias, o time excursionou pela Europa, Ásia e África, se transformando no clube de futebol a permanecer maior tempo fora do Brasil, um feito que entrou para história do esporte nacional. A delegação alvinegra deixou Natal em 17 de agosto e retornou no dia 6 de dezembro do mesmo ano (112 dias com viagens aéreas e terrestres).
Os resultados obtidos durante a excursão se tornaram um orgulho para os torcedores, dirigentes e jogadores do “Mais Querido”. Em 24 partidas contra times e seleções dos três continentes, o Alvinegro conseguiu sete vitórias, 12 empates e apenas cinco derrotas. Foram 30 gols a favor e 21 contra.
A jornada marcou o grande momento da internacionalização do ABC Futebol Clube, assim como do reconhecimento da qualidade da equipe, então coroado com o tetracampeonato estadual (1970, 1971, 1972 e 1973).
A excursão foi promovida graças à amizade do então presidente da Federação Norte-rio-grandense de Futebol, João Machado, como o todo poderoso da CBD na época, João Havelange.
Outro grande orgulho da torcida abecedista foi o fato de ter vencido o Campeonato Brasileiro de Futebol de 2010 – Série C. O título ficou com o ABC após vencer o Ituiutaba nas finais pelo placar agregado de 1–0 (vitória simples em Minas Gerais e empate por 0–0 em casa). Além dos finalistas, Criciúma e Salgueiro, eliminados nas semifinais, garantiram o acesso à Série B de 2011.1
Sendo assim, solicitamos à Presidência desta Casa a realização de uma sessão Solene em homenagem ao centenário do ABC Futebol Clube, no dia 29 de junho de 2015.

Sala das Sessões da Assembleia Legislativa do estado do Rio Grande do Norte, Palácio José Augusto, em Natal, 12 de Fevereiro de 2015.

José Adécio
Deputado Estadual
DEM

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*