Eleitores colocam votos à venda na internet por até R$ 1 mil

Alguns colocam preços (que podem ser em dinheiro ou produtos) fixos, enquanto outros deixam seus contatos para “negociar”

Navegando por sites de compras na internet, podemos nos deparar com anúncios de carros, bicicletas, móveis, eletrodomésticos, terrenos, casas, apartamentos… e votos. Isso mesmo. Sem preocupação alguma com o descumprimento da lei, alguns eleitores mais ousados têm disponibilizado seus votos para venda na web nas vésperas da votação da eleição de 2014. Alguns colocam preços (que podem ser em dinheiro ou produtos) fixos, enquanto outros deixam seus contatos para “negociar”.

Em uma busca rápida, foi encontrado facilmente casos nos sites OLX, Mercado Livre e Bom Negócio. Um deles é de um vendedor da Bahia que oferece cinco votos (a deputado estadual, deputado federal, senador, governador e presidente) por R$ 1 mil ou em troca de sacos de cimento. Mas não é qualquer cimento! Segundo ele, tem que ser Poty.

Procurado pela reportagem no telefone disponibilizado, ele afirmou se tratar “apenas de uma brincadeira” e garantiu que não está vendendo seus votos. Questionado se iria manter o anúncio no ar ou não, desligou a ligação.

TERRA

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*