EMPARN comemora o sucesso na 52ª Festa do Boi

A Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte (EMPARN) comemora os resultados obtidos na Festa do Boi 2014, quando foi uma das principais protagonistas nos leilões, pistas de julgamento e torneios leiteiros.

A 52º Festa do Boi foi realizada no período de 11 a 18 de outubro e reuniu criadores e expositores de animais de diversos estados brasileiros, além de promover a tradicional exposição de tecnologias, equipamentos e produtos voltados para a agropecuária.

LEILÃO

Com o tradicional Leilão da EMPARN e Convidados, a Empresa disponibilizou 23 lotes de animais de alto padrão genético das raças bovinas Gir, Guzerá, Pardo-Suiça e Sindi, além de jumentos Pega puros e mestiços, mantendo seu compromisso de contribuir para o melhoramento da qualidade dos criatórios bovinos do Estado do Rio Grande do Norte. O leilão foi realizado no domingo (12/10),  no Tatersal José Bezerra de Araújo, e resultou em uma venda total de R$ 84.800,00, com uma média de R$ 3.686,00 por animal, sendo o mais caro uma vaca Sindi arrematada por R$ 9.400,00.

PISTA DE JULGAMENTO E TORNEIO LEITEIRO

Na Exposição Nacional da raça Pardo-Suíça, que teve a participação de cerca de 150 animais em pista oriundos de criatórios do Rio Grande do Norte, Ceará, Minas Gerais e São Paulo, o rebanho da EMPARN obteve os títulos de “Melhor Criador” e “Melhor Expositor”. O jurado americano Dave Sprengler da Brown Swiss Association fez vários elogios às matrizes, novilhas e bezerras da EMPARN, manejados nas condições adversas da Estação Experimental de Cruzeta no Seridó Potiguar.

     O rebanho Guzerá Leiteiro da Estação Experimental Felipe Camarão em São Gonçalo do Amarante também obteve as premiações de “Melhor Criador” e “Melhor Expositor”. Os grandes destaques foram o touro “Dólar TE da EMPARN” e a vaca “Canaã da EMPARN”, que conquistaram respectivamente os títulos de Grande Campeão e Grande Campeã da raça. Na raça Gir Leiteira, a EMPARN obteve o título de “Melhor Criador”, com destaque para o touro “Sucesso da EMPARN”, que pela segunda vez foi consagrado o “Grande Campeão” da raça.

     Nos torneios leiteiros, as matrizes zebuínas da EMPARN confirmaram o seu alto valor genético e boa produtividade. Na raça Gir leiteira a vaca “Turmalina da EMPARN” foi a Campeã Vaca Adulta, com produção média diária de 32,0 kg de leite. Na raça Guzerá, a vaca “Folhagem da EMPARN” foi a campeã Vaca Jovem com 22,54 kg de leite e a vaca “Canaã da EMPARN” a Campeã Vaca Adulta, com produção de 27,7 kg de leite por dia.

VITRINE TECNOLÓGICA

Na Fazendinha da Secretaria do Estado da Agricultura, da Pecuária e da Pesca, a EMPARN apresentou uma amostra de toda a sua estrutura operacional, além de experiências científicas com plantas e animais, recebendo visitas de produtores, principalmente da agricultura familiar, e de pessoas em geral, que foram recepcionados por pesquisadores e técnicos, sendo orientados em suas demandas e recebendo informações escritas em cartilhas, folders e folhetos.

Foram expostos pela EMPARN bovinos leiteiros das raças pesquisadas pela EMPARN (Gir, Guzerá, Sindi e Pardo-Suíça), além dos  ovinos Morada Nova e caprinos Canindé. Os resultados das experiências vitoriosas realizadas nas diversas estações de pesquisa da EMPARN também estavam disponíveis, como a da palma adensada irrigada, as variedades do milho Cruzeta superprecoce e a do milho Potiguar, além do Sorgo BRS Ponta Negra e a mandioca adensada para alimentação animal e gergelim.

Paralelamente, também ocorreu distribuição de amostras de sementes de milho, sorgo e feijão e mudas de bananeira Pacovan Ken produzidas in vitro pelo Laboratório de Biotecnologia da EMPARN. Finalmente, com muita procura, foram disponibilizados para venda animais adultos e recém nascidos de ave caipira produzidos pela Empresa na Estação Experimental de Caicó.

REUNIÃO

Ainda durante a festa, o Diretor de Administração e Finanças Alexandre de Medeiros Wanderley e os pesquisadores da EMPARN Guilherme Ferreira da Costa Lima e Maria Cristina Madeira participaram de reunião com pesquisadores Rui Verneque e João Cláudio Panetto da Embrapa Gado de Leite, Rosangela Barbosa da Embrapa Semiárido, Ricardo Leite da Empresa de Pesquisa Agropecuária da Paraíba (EMEPA) e com Mário Silveira Borba, Presidente da Associação Brasileira de Criadores de Sindi (ABCSindi), ocasião em que foram definidos os critérios e condições para o início do Teste de Progênie da raça Sindi no Nordeste, se constituindo em importante marco para a consolidação da criação e melhoria da raça em território brasileiro.

EMPARN – Gerência de Transferência de Tecnologias e Comunicação
– Assessoria de Comunicação –

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*