JUSTINA VÊ NECESSIDADE DE CONCURSO PARA A REDE MUNICIPAL DE ENSINO

Escolas de Natal têm déficit de professores tradutores-intérpretes de Libras e pedagogos, que devem substituir os professores temporários contratados para cobrir licenças

educação

 A secretária municipal de Educação, Justina Iva, explicou a necessidade da realização de concurso público para professores do Ensino Fundamental e educadores que atuarão nos centros municipais de Educação Infantil (CMEIs), que será realizado em abril. Em entrevista coletiva na manhã desta terça-feira (03), ela afirmou que os aprovados substituirão os temporários que estão em sala de aula e falou sobre dificuldades em encontrar profissionais tradutores-intérpretes de Libras, para as escolas onde há alunos com deficiência auditiva matriculados.

Ela afirmou que já foram realizadas várias seleções para o cargo, mas sempre há um número insuficiente de inscritos e aprovados para atuarem no município. E disse que outra necessidade grande é para os primeiros anos do nível fundamental, onde apenas um professor pedagogo atende toda uma turma. Quando um deles se licencia e não é substituído, os alunos ficam sem aula, são prejudicados.

“Pedagogo está não apenas em sala de aula, mas também em coordenadorias pedagógicas. Ou seja, são profissionais em número maior na rede. Já a dificuldade é para professores de Libras e tradutores-intérpretes e essas vagas nunca são preenchidas porque não há, no mercado, pessoas com formação ou que não são aprovados. Temos carência de profissionais desta especialidade em algumas escolas. Estamos tentando resolver isso desde 2013 e não conseguimos”, desabafou.

Justina afirmou que o município está tentando minimizar a ausência de professores nas escolas quando acontece de um professor se licenciar por doenças em um período de até 15 dias. Ela disse que será nomeado um número mínimo de aprovados pedagogos em caráter experimental, para substituírem esses licenciados dos primeiros anos, para que a turma não fique sem aulas. Já nos anos finais, como são várias disciplinas, se um só se ausenta, os demais continuam trabalhando, será nomeado um número menor.

E afirmou também que, dos nomeados, seis serão lotados na SME em formação, sendo três no Departamento de Educação Infantil e os demais no de Ensino Fundamental, para substituir de imediato os licenciados por curto período de tempo. Além disso, o principal objetivo é substituir os temporários que estão em sala de aula, para cobrir os licenciados por doença ou outros motivos.

Temporários serão substituídos por concursados

“Os temporários não serão extintos, continuarão a existir porque são precisos. Somente, serão usados para substituir os profissionais em licença. Porque, da mesma forma em que não posso colocar um temporário em uma vaga, não posso colocar um efetivo para substituir um licenciado. Então, a rede básica de educação nunca poderá deixar de ter professores temporários e efetivos simultaneamente”, explicou Justina Iva.

A secretária municipal afirmou que o concurso deveria ter sido realizado desde 2011, ainda na gestão da ex-prefeita Micarla de Sousa, mas que somente agora, mais de três anos depois, é que a prefeitura conseguirá efetivá-lo. O edital do certame foi publicado no Diário Oficial do Município (DOM) da última sexta-feira (30), oferecendo 386 vagas para educadores em diferentes disciplinas e anos do ensino fundamental.

Para concorrer às vagas de educador infantil, o interessado poderá ter apenas o ensino médio modalidade normal, o antigo Magistério. Ela disse que ainda tentou mudar a lei que possibilita essa liberação, mas como não foi possível, será aberto. Já os professores para as diversas disciplinas ofertadas, é preciso licenciatura plena de acordo com a especialidade escolhida.

Detalhes do edital

O certame será realizado pela Comperve, com inscrições entre as 08h do dia 10 de fevereiro e as 23h59 de 16 de março próximo. As provas, objetivas e discursivas de caráter eliminatório e classificatório, estão previstas para 26 de abril. Além dessas, será feita também a avaliação de títulos, que será essencial para a classificação do candidato. Pelo edital, quem concorrer a uma das 386 vagas, será testado em dez questões de Didática Geral, 20 de Conhecimentos Específicos e uma redação, com tema específico.

Para se inscrever, o interessado deverá preencher o formulário de inscrição de acordo com as instruções constantes nele; enviá-lo, por meio da internet, com uma foto recente para documento, tamanho 3X4; imprimir o boleto bancário para poder efetuar o pagamento da taxa de inscrição, no valor de R$ 80; e efetuar o pagamento da taxa de inscrição até o dia 17 de março de 2015, no local indicado no boleto bancário.

As vagas estão distribuídas entre: Educador infantil (80), professor de Artes/Dança (05), professor de Artes/Música (05), professor de Artes/Teatro (05), professor de Artes/Visuais (05), professor de Ciências (5), professor de Educação Física (09), professor de Ensino Religioso (09), professor de Geografia (05), professor de História (06), professor de Libras (05), professor de Língua Estrangeira (Inglês) (06), professor de Língua Portuguesa (16), professor de Matemática (10), professor do Ensino Fundamental para os anos iniciais – do 1º ao 5º ano (200) e professor Tradutor-Intérprete de Libras (15).

Passe Livre e Projovem Urbano

Justina Iva falou ainda que o município encerrará no próximo dia 23 as inscrições para o ProJovem Urbano e que ainda há cerca de 600 vagas em aberto. O programa possibilita que pessoas entre 18 e 29 anos, alfabetizadas, a concluírem os estudos do Ensino Fundamental em um período de um ano e meio, com direito a auxílio-transporte no valor de R$ 100,00.

E afirmou que o Passe Livre deve ser implementado ainda neste semestre nas escolas da rede municipal. No entanto, enquanto o Seturn não adquirir os equipamentos validadores, a secretaria ainda não fará a entrega dos cartões às escolas já cadastradas. “Enquanto o programa não é implantado, a SME irá disponibilizar cartões com 44 passagens aos estudantes, para que eles possam se deslocar entre sua casa e a escola onde estudam”, explicou.

JH

Deixe uma resposta

Você pode usar essas tags e atributos HTML <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

*