COM APENAS OITO MESES DE EXISTÊNCIA, PREVIDÊNCIA PRÓPRIA DE RIACHUELO ACUMULA ROMBO DE MAIS DE 176 MIL REAIS

Voltar para Blog

COM APENAS OITO MESES DE EXISTÊNCIA, PREVIDÊNCIA PRÓPRIA DE RIACHUELO ACUMULA ROMBO DE MAIS DE 176 MIL REAIS

propria

Alerta Total

Depois de dois meses que a Câmara Municipal de Riachuelo requereu os extratos bancários da Previdência Própria do município sem obter resposta do órgão, o mistério que envolvia as contas do instituo foi finalmente revelado em reunião do conselho fiscal e deliberativo ocorrida no último dia 26.

E o resultado da reunião, que foi exposto pela presidente do IPR, Katarina Karla Batista (que coincidentemente é prima da prefeita), está sendo motivo de grande preocupação para os funcionários da Prefeitura de Riachuelo.

O fato é que em apenas oito meses de sua criação a previdência própria local, já acumula prejuízo na regularidade dos seus repasses, pois segundo declaração da presidente do órgão, nos oito meses de funcionamento a prefeitura deixou de depositar a parcela patronal de cinco meses: maio, junho, julho, agosto e setembro, somando esse atraso o valor de R$ 176.919,30; sendo feito o repasse integral do patronal e servidor somente do mês em que foi criada, abril e recentemente o mês de outubro.

Devido a mau gerência do executivo municipal no repasse das parcelas previdenciárias que causaram o déficit na conta do órgão, a prefeita do município, Mara Cavalcanti, já pediu o parcelamento junto a previdência própria – IPR .
A prefeita parcelou o débito de mais de 176 mil reais em 36 parcelas na quantia de R$ 4.985,43, portanto, durando a negociação até o final do mandato da gestora que termina em 2016.

O fato é que devido ao parcelamento feito logo no início da sua fundação, diminuiu a expectativa de vida da Previdência Própria de Riachuelo, conforme cálculo atuarial realizado antes da sua criação.

FONTE: Blog Aldo Araújo

Compartilhe essa publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × três =

*

Voltar para Blog