Conselho Gestor da Reserva Ponta do Tubarão escolhe proposta da Uern para elaborar Plano de Manejo

Voltar para Blog

Conselho Gestor da Reserva Ponta do Tubarão escolhe proposta da Uern para elaborar Plano de Manejo

MACAU – Na última semana foi realizada uma reunião do Conselho Gestor da Reserva de Desenvolvimento Sustentável (RDS) Ponta do Tubarão para discutir, entre outros pontos, a fundação que irá elaborar o Plano de Manejo e o Zoneamento Ecológico-Econômico da Unidade de Conservação.
Foram apresentadas três propostas, da Fundação do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN), da Fundação da Universidade Potiguar (UnP) e da Fundação para o Desenvolvimento da Ciência, Tecnologia e Inovação do RN (Funcitern) da Universidade do Estrado do Rio Grande do Norte (Uern).
Sob a coordenação do professor Rodrigo Guimarães de Carvalho, do Departamento de Gestão Ambiental, o Plano de Trabalho apresentado pela Uern foi aprovado por unanimidade entre os membros do Conselho Gestor.
“A escolha da Uern para o desenvolvimento desse trabalho pode ser creditada a um amadurecimento institucional, desde a qualificação do corpo docente até a criação de uma estrutura administrativa de suporte para esse tipo de convênio”, destaca o professor.
Ele acrescenta que o trabalho será importante para a capacitação de alunos. “Uma das missões da Uern se refere a extensão universitária com apoio a ações voltadas para o desenvolvimento sustentável do Estado do Rio Grande do Norte. Nessa perspectiva, a Uern deve sempre estar próxima da população, contribuindo para a resolução dos problemas socioambientais”, e reforça.
“A discussão sobre o Plano de Manejo e o Zoneamento Ecológico-Econômico da RDS Ponta do Tubarão envolve diretamente o interesse de professores e alunos de cursos como Gestão Ambiental, Biologia, Geografia e do Mestrado em Ciências Naturais, que, com a experiência prática, além de contribuir com a sociedade, podem aprofundar seus conhecimentos teóricos a partir dos trabalhos de campo”, destaca.
“Outra coisa que deve ser levada em conta é o fato de a RDS Ponta do Tubarão ser uma Unidade de Conservação Estadual, gerida pelo Idema, o que torna ainda mais importante o envolvimento da Uern nesse processo”, declarou o professor Rodrigo.
O recurso financeiro será proveniente de uma medida compensatória de um grupo empresarial do ramo das eólicas. Participam da equipe da Uern ainda os professores Ramiro Camacho, Elesbão de Almeida, Betânia Torres e Samylle Ruana.
A iniciativa terá ações de curto, médio e longo prazos. “A Fundação da Uern, a Funcitern, na pessoa do seu diretor-presidente, o professor Wogelsanger Oliveira Pereira, viabilizou essa empreitada junto com a equipe de trabalho da Uern. O Plano de Manejo e o Zoneamento Ecológico-Econômico são instrumentos de planejamento e gestão ambiental que irão determinar as ações futuras, de curto, médio e longo prazos, para a sustentabilidade social, econômica e ambiental da RDS Ponta do Tubarão”, conclui o professor Rodrigo.

Omossoroense

Compartilhe essa publicação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um + 15 =

*

Voltar para Blog